# Cuidados e Manutenção dos Pneus

Pressão dos pneus

Por que razão deve verificar a pressão dos seus pneus regularmente

Alguns factos

Como verificar a pressão dos pneus

  • A leitura da pressão deve ser efetuada com os pneus frios.
  • Consulte o manual do veículo para saber a pressão recomendada para os pneus dianteiros e traseiros.
  • Use um medidor de pressão fiável em casa ou num posto de combustível.
  • Faça uma leitura do BAR em cada pneu e compare com o manual do veículo.
  • Ajuste a pressão para mais ou para menos de acordo com o intervalo recomendado, levando em consideração a carga do seu veículo.

Muitos acidentes são causados pela pressão insuficiente dos pneus. Se ainda não o faz, é importante que comece a verificar a pressão dos pneus a cada 2 ou 4 semanas. Vai poupar dinheiro e pode salvar vidas.

Uma vez a cada alguns meses não é suficiente? Não, não é. Existem muitos motivos para verificar a pressão dos pneus todos os meses.



Este vídeo faz parte da Websérie da Continental "À Volta do Pneu".



As 3 principais razões para verificar a pressão dos pneus regularmente

1. Segurança

Se os pneus estiverem com pressão insuficiente ou excessiva, a distância, a aderência de travagem e a estabilidade direcional serão afetadas, assim como o conforto da condução.

Utilizar a pressão recomendada irá assegurar o contacto ideal entre o pneu e a estrada, melhorando a aderência ao pavimento. Se os pneus estiverem com pressão insuficiente ou excessiva, a distância e a aderência de travagem e a estabilidade direcional serão afetadas. A manobrabilidade torna-se mais lenta se os pneus estiverem com pressão insuficiente e até perigosa em caso de pressão excessiva, especialmente em curvas a alta velocidade.

A pressão recomendada pelo fabricante do veículo também melhora a drenagem da água do pneu, quando a estrada se encontra molhada, permitindo reduzir o risco de aquaplanagem.

Segurança

2. Eficiência Energética

Um pneu com a pressão correta terá um rolamento mais suave, gerando menor resistência ao rolamento e exigindo menos do motor.

Se os pneus estiverem, por exemplo com pressão baixa, o veículo consumirá mais combustível por quilómetro percorrido e, como tal, alcançará uma quilometragem menor.

Utilizar a pressão correta resultará numa maior eficiência energética do veículo, seja num motor a combustão, ou numa viatura elétrica.

Pense no meio ambiente. Se a pressão dos pneus do seu carro estiver apenas 0,3 bar abaixo do recomendado, a resistência ao rolamento aumenta, sendo que o seu veículo consumirá cerca de 1,5% a mais de combustível e, portanto, libertará mais CO2. Uma pressão adequada significa um equilíbrio perfeito entre segurança máxima e economia de combustível. Os seus pneus vão durar mais tempo e vai reduzir a sua pegada de carbono.

Segurança

3. Desgaste dos pneus

Os pneus desgastam-se nos ombros, se estiverem com pressão insuficiente, ou na sua parte central, se estiverem com pressão excessiva - portanto, em ambos os casos, será necessário comprar pneus novos com maior frequência. O cuidado adequado estabiliza a estrutura do pneu e pode aumentar a sua vida média de forma impressionante: até 7.500 km. O meio ambiente e a sua carteira agradecem!

Segurança

Qual a pressão dos pneus recomendada para o meu carro?

A pressão do pneu expressa-se em libras por polegada quadrada (PSI). Em Portugal, é mais comum vermos a únidade métrica BAR (1 PSI = aprox. 0.0689 bar). Baseia-se no peso e tamanho do veículo e é importante que se use exatamente a pressão recomendada pelo fabricante para o seu veículo. Isto garantirá segurança e um desempenho ideal.

A pressão dos pneus recomendada para a sua viatura pode, geralmente, ser encontrada em 3 locais:

  • No manual do veículo (costuma estar dentro do porta-luvas)
  • Num autocolante dentro do tampão do depósito de combustível 
  • Na moldura da porta do condutor. 

Se não conseguir encontrar, consulte diretamente o fabricante do seu veículo.

A handbook is shown.

Os valores que encontrar correspondem à quantidade mínima de pressão necessária em pneus frios para suportar o peso do seu veículo. Provavelmente vai encontrar dois números: um para uso normal e outro para cargas totais; será algo como “35 PSI” (aprox. 2.4 BAR).

Poupe dinheiro. Os pneus desgastam-se mais rapidamente se estiverem com pressão insuficiente e de forma irregular se estiverem com pressão excessiva - portanto, em ambos os casos, será necessário comprar pneus novos com maior frequência. O cuidado adequado estabiliza a estrutura do pneu e pode aumentar a sua vida média de forma impressionante: cerca de 7.500 km.

Poupe dinheiro

Como verifico a pressão dos pneus?

Recomendamos que verifique a pressão a cada duas a quatro semanas e sempre antes de iniciar viagens mais longas ou se transportar cargas adicionais.

1. Os pneus devem estar frios. A leitura será mais precisa se verificar a pressão com os pneus frios, antes que a temperatura externa aumente e os pneus sejam expostos à luz solar direta. Se a temperatura externa aumentar em 10 graus Celsius, a pressão dos pneus aumentará em 1.6 PSI (aprox. 0.11 BAR) . No inverno, em alguns climas, os pneus podem sofrer uma queda de até 5 PSI (aprox. 0.34 BAR).

A pressão dos pneus deve ser medida a frio

2. Utilize um manómetro fiável. Pode fazê-lo num posto de combustível (os manómetros de pressão de pneus podem ser usados gratuitamente), ou deslocar-se à sua oficina de pneus mais próxima. Os manómetros são medidores digitais que funcionam a bateria ou mais tradicionais, tipo stick.

Utilize um manómetro fiável para medir a pressão dos pneus.

3. Verifique a pressão dos pneus. Retire a tampa da válvula do pneu e não a perca. Coloque o manómetro na haste da válvula e pressione com firmeza até que o som sibilante de fuga de ar pare. O seu manómetro mostrará, agora, a leitura do PSI / BAR. Compare estes dados com a recomendação do fabricante.

Verifique a pressão dos pneus

4. Ajuste a pressão. Se a leitura estiver muito alta, pressione a válvula para deixar sair um pouco de ar. Poderá ter que o fazer algumas vezes até que o medidor mostre uma leitura correta. Se a leitura do PSI estiver abaixo do recomendado, use um compressor de ar (no posto de combustível, caso não tenha um) para encher o pneu até ao nível correto. Volte a colocar a tampa da válvula bem apertada e repita o processo nos três pneus restantes, bem como no pneu sobressalente.

Numa boa parte dos postos de combustível, existem sistemas que ajustam a pressão automaticamente. Basta marcar no ecrã do sistema o valor da pressão a aplicar e o ajuste será feito pela máquina.

Ajuste a pressão dos pneus

Sabe o que é o TPMS?

A Continental desenvolveu um Sistema de Monitorização de Pneus (TPMS) que funciona com sensores nas rodas e sistemas de travagem para alertar o condutor sobre níveis baixos de pressão dos pneus, através de uma luz de aviso no painel de instrumentos.

Este recurso de segurança inestimável ajuda também a reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2, e aumenta a duração do desempenho ideal do seu carro.

No entanto, mesmo se o seu veículo estiver equipado com um TPMS, ainda assim precisará de verificar a pressão dos pneus a cada duas a quatro semanas, para garantir uma experiência de condução melhor e mais segura.

Revendedores Continental

Procura um Revendedor?

Como verificar a pressão dos pneus e por que a uma pressão correta é importante? ➨ Descubra dicas simples no nosso guia sobre a pressão dos pneus!