# Cuidados e Manutenção dos Pneus

Azoto nos pneus

Quais são os benefícios de encher os pneus com azoto?

Sabia que é possível encher os pneus com azoto, também conhecido por nitrogénio, em vez de ar? Um número crescente de oficinas e pontos de venda de pneus oferecem esta opção que se tem tornado popular entre os entusiastas de condução. Mas qual o real benefício de encher os pneus com azoto? Será uma técnica específica para carros de competição?

Gostamos de lembrar aos nossos consumidores que a Continental desenha e produz pneus para oferecerem muitos quilómetros e um excelente serviço. No entanto, o dono do veículo tem também a responsabilidade de verificar o estado dos seus pneus ocasionalmente. A regra mais simples para cuidar dos seus pneus é manter a pressão adequada.

Nitrogen tire filling system machine in a garage. Nitrogen Air Pump.

Diferenças de temperatura afetam a pressão dos pneus

O fabricante do seu automóvel indica qual a pressão de ar ideal para os seus pneus. Esta indicação pode ser consultada, normalmente, no manual do veículo, no interior da porta do condutor, ou ainda no interior da porta do depósito de combustível. A Continental recomenda que verifique a pressão dos pneus a cada duas semanas (e especialmente antes de embarcar numa longa viagem de carro).

Ar normal vs Azoto

Então onde é que o azoto se junta à conversa? Bom, o comportamento normal de qualquer gás é que se expande quando é aquecido e contrai quando há um arrefecimento, e em nada isso é mais evidente do que com gases dentro de um pneu.

A pressão aumenta e diminui consoante as alterações de temperatura; cada 6ºC provocam uma alteração de cerca de 1 PSI (aproximadamente 0,07 bar). Por esta razão, é melhor verificar a pressão dos pneus pela manhã, antes que calor do sol (ou do calor gerado pela rodagem do pneu na estrada) cause um aumento da temperatura. Uma medição da pressão com o ar frio será mais precisa.

Neste cenário, os pneus enchidos com azoto são vantajosos porque o azoto não suporta a humidade ou a combustão. Comparado com o ar ambiente – que contém aproximadamente 78% de azoto, 21% de oxigénio e outros gases – o azoto puro é um gás inerte e não inflamável. De forma simples, é ar seco com o oxigénio totalmente removido.

O azoto em aplicações altamente especializadas

Graças às suas propriedades inertes, os pneus enchidos com azoto apresentam benefícios para aplicações altamente especializadas em ambientes exigentes como a aviação, minas ou construção.

O azoto ajuda a mitigar as variações da pressão, então os pneus enchidos com azoto são também comuns nas competições de carros de corrida, onde a mais pequena alteração na pressão pode impactar a condução de um veículo de elevada performance a alta velocidade. 

Então, eis a grande questão: faz sentido encher os meus pneus com azoto? A verdade é que encher os pneus com azoto não é necessário para uma utilização típica do dia a dia num veículo de passageiros. Podemos até considerar um desperdício de dinheiro.

Para sermos claros, encher os pneus com azoto não é prejudicial. Aliás, a pressão do pneu mantém-se estável durante mais tempo. (Pneus enchidos com ar normal tendem a perder a pressão um pouco mais rápido.)

Na maioria das vezes, o azoto não faz diferença absolutamente nenhuma no que se refere à perda de pressão causada por furos nos pneus, vazamento através do talão ou da válvula, ou outros vazamentos mecânicos. Não há um benefício claro em relação aos pneus enchidos com ar normal, incluindo fatores de desempenho como a resistência ao rolamento, poupança de combustível ou envelhecimento do pneu.

Chrome nitrogen (N2) TPMS-safe valve cap installed on an aluminum TPMS stem in an alloy wheel

A importância de verificar a pressão dos pneus regularmente

Lembre-se de verificar a pressão dos seus pneus com regularidade. Se a pressão for inferior à recomendação do fabricante do seu veículo, o pneu deve ser enchido novamente – seja com ar ou, se preferir, azoto – conforme a pressão recomendada. Para sua segurança, não deverá conduzir com pneus demasiado cheios ou pouco cheios. Isso poderá criar uma tensão excessiva e acumulação de calor, levando à falha do pneu, que pode resultar em ferimentos ou fatalidades.

Pressão do pneu

Se tiver dúvidas, consulte o manual do seu veículo para detalhes completos sobre recomendações em caso de carga máxima. Além disso, considere investir num Sistema de Monitorização da Pressão dos Pneus para total tranquilidade.

Outros conteúdos




Dealer Locator

Sabia que pode encher os pneus com azoto, também conhecido por nitrogénio, em vez de ar? Descubra os prós e contras.